sexta-feira, agosto 12, 2005

"Ser moderno é lembrar o que está esquecido" Almada Negreiros

Sem comentários: